03 julho 2010

A luta continua...


...no mar e na piscina...

Por diversas vezes a palavra "impossível" me tem vindo à cabeça, mas metro a metro vou ganhando terreno! Literalmente!
Tenho tido muitos pensamentos contraditórios dentro de agua...isto não está fácil não...


Claro que erradamente e tal como quando comecei a correr, quis (quero) recuperar o tempo perdido e conseguir logo nadar (ou algo parecido com nadar) 1Km seguido sem parar. Infelizmente não é bem assim...

Tenho aproveitado as férias para insistir na natação, mas também aqui o descanso é fundamental e noto logo a diferença entre um treino com/sem descanso.
Acho que já tenho algumas bases e agora resta-me treinar para ganhar endurance, embora neste momento tenha muitas dúvidas se algum dia serei capaz de nadar tanto tempo seguido...a ver vamos...com paciência...

Bons treinos e boas férias!

Published with Blogger-droid v1.3.5

7 comentários:

Rodrigo disse...

A água às vezes pode assustar, mas com treino ela logo se torna a nossa aliada, é treino, treino, treino...é o resumo :)

MT disse...

Vais ver que num mês vais estar a nadar uma distância que nunca pensaste antes. Só deves ter cuidado numa coisa treinar natação não é como treinar ciclismo ou atletismo. Uma emana fora de água é quase um mês de treino para recuperar

Triatleta disse...

Mark,
Desde 1992, quando comecei a nadar, senti esses desespero - que ainda hoje me acompanha -, de fazer esforço, gastar energia e deslocar-me lentamente na água. Mas sempre que treinei regularmente, com plano de treinos e com acompanhamento técnico, não me transformei num golfinho, mas também já não me sentia um prego ;-
)
Persistência!!!
Um abraço,
Pedro Pinhiro

Mark Velhote disse...

Olá Rodrigo,
1 semana depois constato aquilo que escreveste. Pouco a pouco o receio se vai esbatendo e começo a ver a luz ao fundo do túnel...:D

Miguel T,
Realmente já estou a notar alguma evolução (pouca mas alguma, lol)!
Ando todo rebentadinho dos braços e dos ombros. Pena que quando se acabarem as férias já não vou ter uma piscina à "mão de semear"...

Olá Pedro,
Acho que no teu comentário resumes aquilo que queria dizer. Neste momento desgasto-me bastante para me deslocar dentro de agua. Olho para as pistas do lado e não compreendo como é possível nadar de forma tão fluída enquanto eu estou para ali a debater-me para não me afundar.
Persistência é o termo.

Obrigado a todos
1 abraço
Mark

Mark Velhote disse...

Olá Rodrigo,
1 semana depois constato aquilo que escreveste. Pouco a pouco o receio se vai esbatendo e começo a ver a luz ao fundo do túnel...:D

Miguel T,
Realmente já estou a notar alguma evolução (pouca mas alguma, lol)!
Ando todo rebentadinho dos braços e dos ombros. Pena que quando se acabarem as férias já não vou ter uma piscina à "mão de semear"...

Olá Pedro,
Acho que no teu comentário resumes aquilo que queria dizer. Neste momento desgasto-me bastante para me deslocar dentro de agua. Olho para as pistas do lado e não compreendo como é possível nadar de forma tão fluída enquanto eu estou para ali a debater-me para não me afundar.
Persistência é o termo.

Obrigado a todos
1 abraço
Mark

Rê(nata) disse...

Pouco a pouco meu caro.. pouco a pouco!
Assim como na corrida, não se pode ter pressa e deve-se manter os treinos sempre em dia. Uma semana faz toda a diferença, você volta mais lento e mais pesado.
Bons treinos e boas melhoras!

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

SOU CORREDOR TAMBÉM, ATÉ LISTEI SEU LINK LÁ, CONHEÇA DEPOIS:

http://laeelc.blogspot.com/