28 junho 2011

Stop!

Paragem forçada mas necessária. Coisa pouca à beira de infelicidades alheias bem mais graves infelizmente ...

Sem histórico de lesões até à data fui surpreendido no início de Maio, após um treino, por um incómodo na zona da virilha. Um análise mais cuidada revelou um pequeno inchaço. Em conversa com colegas que praticam desporto regularmente o diagnóstico foi rápido: hérnia inguinal.

Em véspera de Meia Maratona de Cortegaça optei por ficar de fora com muita pena minha e marquei uma ecografia que veio a confirmar a suspeita.

Parei de treinar corrida e 1 semana depois abdiquei também do Triatlo Sprint de Montemor para não forçar muito. Não estava a treinar nada de especial que justificasse a lesão, mas a verdade é que a dita já cá devia andar a moer há algum tempo, porque já sentia algum desconforto abdominal que sempre associei ao cansaço próprio das provas.

Continuei a nadar e pedalar, com pouca intensidade, porque ainda assim estava decidido a participar na Estafeta do Triatlo Longo de Aveiro fazendo a Meia Maratona. Depois de algumas pesquisas percebi que não é totalmente impeditivo que se continue a treinar e o melhor exemplo que encontrei foi o do Emanuel Silva, atleta olímpico da Canoagem que segundo percebi fez os JO de Pequim com uma destas "à perna"(salvem-se as devidas comparações).

Na própria semana e apesar de não ter dores (creio que eram dores psicológicas) optei por também não fazer esta Meia.
Mais à frente falhei o Triatlo de Peniche onde também gostava de ter ido e mais recentemente o Campeonato de Europa de Age Groups aqui bem pertinho em Pontevedra. Desilusão....

Ou seja, ossos do ofício, mas nada de muito grave, embora só possa ser resolvido de uma maneira: cirurgia.
Sugestionado pela hérnia já me parece ter também sintomas de uma pubalgia! Pfft!

Decisão sábia: parar até resolver isto, em princípio depois das férias na 1ª quinzena de Julho.
Depois voltar com calma, mas prognósticos só depois do jogo... por isso...
Até Já companheiros!!

13 comentários:

António Almeida disse...

Olá Mark
já fui operado a uma vai fazer 10 anos, curiosamente antes de ter retomado a prática da corrida de um modo mais sistemático.
Logo estarás de volta como novo.
Abraço.

Hugo Gomes disse...

As melhoras Mark.
Recupera bem para depois regressares a 100%.
Um abraço!

JCCJCC disse...

Grande Mark,

Tenta ver as coisas do lado positivo.
Assim queiras ainda tens muitos anos de desporto pela frente, e depois disto até vais treinar com mais empenho e mais vontade e conseguir melhores resultados.

Jorge Carneiro

MT disse...

Há coisas e lesões bem piores que isso, por isso não há que desmoralizar. Por certo em poucos meses já estarás de volta aos rios, às estradas e aos circuitos.

Novais disse...

Viva Mark
já passei por isso há cerca de dois anos, por esta altura, as dores abdominais eram tal que parecia que tinha os intestinos todos soltos, resumindo hérnia inguinal bilateral, operado no S. António, entras de manhã e sais ao fim da tarde sem dores e pelo teu pé, por isso nada que assuste mas convém resolver isso de forma definitiva.
Abraço

Xampa disse...

Mark, melhoras para vc.
Ando com uma dor no pubis e nos psoas. Ainda nao descobri aonde, mas já estou melhor. O alongamento tem resolvido muito. Só é muito chato de fazer.

José Capela disse...

Caro, Mark.

Paciência é coisa que vais precisar de ter. As lesões aparecem rápido e demoram a desaparecer. Mas um maratonista não se deixa vencer, assim recupera bem e em breve estás a dar corda aos sapatos numa prova qualquer!

Abraço

Capela

Rui Pena disse...

Velhote. ..

Realmente estava a estranhar a ausência....

Que recuperes rápido. Até breve.

Rui

João Correia disse...

Companheiro,

As lesões são o pior deste mundo para nós e aí temos de ter muita mas muita paciência e tolerância; para com elas e para connosco.
Vais ter de ser um campeão para ultrapassar esta fase, mas acredito que está ao teu alcance.

Deixo-te o meu apoio e votos de boa recuperação.

joaquim adelino disse...

Olá amigo Mark, estas são notícias que não gostamos de saber, contudo trata-se de um pequeno problema de fácil resolução e a ausência também não será muito prolongada, serão umas férias alargadas que servirão também para recuperar algumas forças. Ainda estarás a tempo de estar presente na Maratona do Porto onde espero encontrar-te e trocar contigo um abraço de amizade.
Até lá, Abraço.

Corredora Feliz disse...

como escreveu um amigo, são notícias que não gostamos de ouvir, mas já estamos esperando aquelas que adoramos ouvir: que você já esta bem e já superou até suas marcas.
Melhoras colega!

MPaiva disse...

Mark,

Infelizmente essa parece ser maldição dos atletas amadores descuidados.

Tenta não desanimar e tratar-te o melhor possível, pois não adianta nada forçar os treinos ser ter o problema completamente resolvido.

abraço
MPaiva

Mark Velhote disse...

Amigos,

Obrigado pelas vossas palavras! Cirurgia está feita, correu muito bem (Novais, tal como referiste foi bastante simples).
Estou é todo agrafado! LOL
Agora é recuperar e voltar com calma.

1 abraço para todos e Boas Férias!
Mark