13 novembro 2011

Maratona Porto 2011

 
A 8ª Maratona do Porto parece-me uma boa oportunidade para reactivar este blog moribundo! 

Desta vez assisti pelo lado de fora embora inicialmente estivesse inscrito para os 14K que partilham parte do do percurso da prova rainha. Coincidência ou não, tal como o ano passado, passei a véspera mal disposto. No dia acordei febril e optei por não fazer os 14K e apenas assistir à passagem dos Guerreiros.

Plantei-me logo à saída da Ponte D. Luís e assim pude ver a passagem ao 27º e 31º Km. É uma zona com algum público e onde os atletas recebem um apoio importante. Da minha parte fui incentivando sempre que possível e acreditem que também não é tarefa fácil. :D

Reconheci muita gente e também fui reconhecido por muitos amigos o que me alegrou bastante!
A caravana ia passando e foi bastante interessante verificar o desafio pessoal que os olhos de cada um encerravam.
Nos primeiros (dos amadores, porque os profissionais não cheguei a tempo) vi a concentração própria de quem corre depressa. Foco na estrada e na passada. Delicioso. Até parecia fácil.
Depois vi a alegria de quem corria sem qualquer preocupação aparente. Sorrisos rasgados de quem parecia fazer a prova de forma tranquila (se isso é possível numa maratona).
Vi também alguns "muros". Afinal estava ali em cima do 30º. 
Vi alguns já a saírem da Ponte a passo. Revi-me um pouco na minha primeira Meia Maratona. 1 passo maior que a perna, mas cada qual com a sua história pessoal.... 

Não participei porque a Razão assim mo ditou. 
Mas está visto que a Maratona é uma prova de Coração e confesso que fiquei com inveja de vos ver a passar Amigos!
Parabéns a todos!

1 abraço e Bons treinos

5 comentários:

Novais disse...

Volta novamente a dar o titúlo ao blog de 42.195 para ver se não falhas as proximas.
Abraço

MT disse...

Bem-vindo de volta! Também já punhas aqui o teu relato de Espinho... Ei, pera lá, mas eu também não postei sobre isso!

luis mota disse...

Também gostei de te ver. Do Porto ficou a saudade dos Amigos que não correram a Maratona. Tu foste um deles. No próximo ano gostaria de te ver… na Maratona!
Luís Mota

João Correia disse...

Ah! Afinal alguém correu por ti...e eu a pensar que tinhas feito um grande tempo.:))
O blog, bom, é quando a gente quiser. Bom regresso e um abraço, Mark.

Carlos Lopes disse...

Desejo um Feliz Natal e um ano de 2012 cheio de alegria