26 janeiro 2009

XI Meia Maratona Manuela Machado (continuação)

Linha de partida: dada a distância (21097m) não achamos importante ir para a pole-position, mas a realidade é que até passarmos o pórtico e começarmos efectivamente a correr demoramos cerca de 50 segundos, o que para atletas de alta competição como nós é sempre importante! :)

Separados pela confusão nos primeiros Kms, ainda dentro da cidade, fixei um ritmo forte (é-me impossível conter o passo na fase inicial) e não consegui ver as placas que assinalavam o 1º e 2º km.
Ao sair de Viana e entrando numa via rápida alcancei o Paulo que seguia mais à frente. Nessa altura passamos o Km3 com aproximadamente 12min, o que nos dizia que íamos a exagerar um bocadinho! O vento cruzado também não dava tréguas e ameaçava rasgar o dorsal!

Continuamos a bom ritmo. O GPS do Paulo ia assinalando uma média de 4,15/km.
Já na estrada para Cardielos o público marcava presença em bom número, mas só “espicaçados” pelos atletas é que reagiam e batiam palmas de incentivo! Dois atletas galegos passaram por nós e ficamos a saber que também iam para 1h30, pelo que tentamos seguir na peugada deles!

Os Km iam passando e ia a sentir-me bastante bem! Por momentos cheguei a ter ilusão de conseguir baixar os 90 minutos! Comecei a sentir algum calor (apesar do vento forte não estava assim tanto frio), mas os abastecimentos bem colocados iam cumprindo a sua missão e os pequenos goles de água ajudavam a restabelecer a temperatura corporal!
São Pedro percebeu que eu estava a ficar com calor e decidiu enviar um pequeno aguaceiro que me fez lembrar o Bruno do blog Correndo na Chuva. Foi mesmo um aguaceiro curto com gotas grossas e bem retemperadoras! :)

Nessa altura passou do outro lado o José Capela, já a regressar a Viana, mas que me pareceu ir em esforço (mais à frente percebi que o vento contra fosse o motivo).
A chuva refrescante acabou por ajudar tanto que acabei por passar o Km 10 com record pessoal: aproximadamente 41m30s! Mas teria de haver alguma explicação para o feito!

E realmente havia: o vento pelas costas a partir talvez do Km 4 facilitou o percurso de ida, mas isso iria representar que o percurso de volta fosse feito contra o vento e assim foi...

Assim que fizemos o retorno aos 12 km senti o vento contra, mas ainda estava fresco por isso ainda consegui manter o ritmo durante mais algum tempo. Nesta altura pudemos ver e cumprimentar os atletas conhecidos que vêm atrás. Lá vinha o João Meixedo numa boa passada e não muito distante, o que também quereria dizer que iria fazer um bom tempo!

Entretanto o Paulo Martins já se tinha destacado de mim cerca de 200m e eu deixei de ter o auxílio do GPS que é sem dúvida uma ferramenta preciosa de auxílio à corrida.
Por volta do Km 16 um grupo de 10/15 atletas alcançou-me, ainda tentei ir na cola deles para me resguardar do vento, mas não foi possível. Entrei em perda, mas julgo ter conseguido sempre manter o ritmo de 4.45m/km.

Já muito perto do fim, o entrar novamente em Viana passamos por um viaduto com uma descida veloz seguido de uma inclinação que põe à prova o fôlego final e que me impossibilitou talvez de fechar dentro de 1h30m.

Resultado Final : 1h31m04s (relógio) e 1h31m24s (oficial) em 348º da GERAL entre 999 participantes que concluíram a prova!
Se tivermos em linha de conta que a prova terá tido mais 200 metros então o resultado ainda será mais satisfatório! :)

Podem consultar os resultados oficiais AQUI !

Bons Ventos em Viana!

7 comentários:

MPaiva disse...

Mark,
O resultado é muito bom! A prova de Viana, não sendo das mais difíceis tem algumas subidas que desgastam um pouco. Para além disso, as condições climatéricas que ontem se fizeram sentir não ajudavam a grandes feitos. Por isso mesmo essa marca tem um grande valor e estou certo de que, com essa forma, conseguirás baixar da 1h30m na Meia Maratona de Lisboa.

abraço
MPaiva

Carlos Lopes disse...

relato muito bom, tempo muito bom, so faltou mesmo o tempo. parabéns por mais esta prova.

Fernando Andrade. disse...

Grande Mark

Parabéns pela marca, que já há uns bons anos se me escapa.
Grande abraço
FA

joaquim adelino disse...

Amigo Mark
Parabens pela excelente prova.
Numa prova mais acessível, isto é, com bom tempo e o recorde cairá, talvez em Lisboa, quem sabe,
Um abraço

João Meixedo disse...

Até os comems, ah ah ah.
Pró ano quero ir fazer o tal do fim do mundo a Sintra, mas se não for repito esta.
Abraço.

José Capela disse...

Mark,

Parabéns pelo resultado.

Mas convém dizer que eu ia na frente a preparar o terreno, a abrir caminho!!! rsrsrrsrss

O importante é sermos sempre optimistas...e os resultados umas vezes vão com o vento, outras vem com o vento!!! rsrsrsrsr

Essa de a prova ter mais 200 metros é uma maldade, para quem conta os segundos como quem conta os trocos!!!! rsrsrsrrsrs

Abraço

José Capela

Bruno Thomaz disse...

Uau, 1h31min!! Parabens Mark!!

E pq será que todo mundo lembra do meu blog quando cai uma chuvinha? hehehehe... Mas que bom que o pessoal lembra neh? Sinal de que eu acertei na escolha do nome...

Abração!!