09 dezembro 2008

Resultados 51ª Volta a Paranhos

Os resultados estão colocados na página do Clube Spiridon Gaia, mas estou desolado...porque o meu nome não consta...
O chip não funcionou, possivelmente por estar em contacto com a chave do carro (transportei o chip nos calções em vez de o atar aos cordões das sapatilhas por inexperiência pura) ou porque durante o aquecimento passei duas ou três vezes pelo pórtico de partida...sei lá...

Realmente ao passar por um controlo na Rua S. Dinis pareceu-me que a sinalização foi diferente da dos restantes atletas que passaram comigo, mas na altura pensei que fosse impressão minha.

Pelos vistos não contou mesmo...raios...

7 comentários:

Triblog disse...

Mark a gente sempre aprende as lições quando acontece este tipo de coisa. Não esqueça também que o importante é participar e você já sabe seu tempo. Assim, deixe para a próxima! Abraços!

André Dias disse...

Eu também sou novo nestas andanças, e levei o meu na mão e também não funcionou, para a próxima terei mais cuidado.
Abraços e parabéns pelo Blog.

joaquim adelino disse...

Olá Mark.
Que pena esse problema ter acontecido. Penso que não foi o facto de o chip estar em contacto com a chave. A leitura do chip é feita até à altura, mais ou menos, do joelho, como ia no bolso a altura é demasiada e o sistema não consegue fazer a leitura.
Olhe, como disse o Rodrigo andamos sempre a aprender.
Um abraço

MPaiva disse...

Mark,
Depois desta há uma coisa que eu sei: nunca mais em toda a tua vida irás deixar de constar na classificação geral por ter o chip colocado no local errado!
Vê a coisa pelo lado positivo e não ligues muito. De certeza que vais ter muitas oportunidades para quebrar esse record!
abraço
MPaiva

luis mota disse...

Olá MarK!
Infelizmente ainda não consta nas classificações.
N corrida do Tejo não apareci nas classificações. A organização resolveu a minha situação. Apesar de não constar na lista, enviaram-me o diploma com o tempo e classificação e o vídeo da prova.
Coloque a situação à organização. Poderá ser que resolvam a situação.
Grande abraço,
Luís Mota

João Meixedo disse...

É mesmo pena. Eu costumo olhar para o dorsal de alguém que corte a meta imediatamente antes ou imeiatamente depois de mim, para prevenir essas eventualidades (por acaso desta vez esqueci-me).
Abraço e não desanimes.
Temos aí a(s) S. Silvestre à porta; e eu vou fazer a daí de Marrocos ;)
Abraço.

João Meixedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.